Serotonina

Céu planáltico,
lua próxima.
Células neurológicas
produzem serotonina.

Voltei à cidade, a vingar- me
dos inimigos de infância,
simbolicamente.

Ontem à noite conversei contigo
e descobri:
amar-me é o teu preço.

Sem que penses sobre isto
pegas-te a pensar em mim,
a sentir-te dominante,
sob o comando da tua crueldade.

Perversidade é o teu nome.
Cães uivam pela madrugada.
Gatos, galos e morcegos, acordados,
rezam pela extinção da raça humana.

Anúncios

3 comentários sobre “Serotonina

  1. Murilo,

    Há alguns dias, estive a conversar com um amigo e falávamos sobre as vezes quando fomos e somos insultados por causa da nossa sexualidade. E ele disse-me que o insulto poderia ser a estratégia do agressor verbal de esconder o seu desejo por nós – hipótese que, para mim, é difícil de aceitar.

    Aí, então, surge-me o teu poema, que de novo me conduz a pensar no assunto: será que o preço ou a sina dos nossos inimigos é amar-nos? E, se assim o for, até que ponto os inimigos podem amar-nos? Em que medida o fazem? E será que, se assim o for, deixamos de ser inimigos e passamos à condição contrária, a de amigos ou, no caso do exercício do desejo, à condição de amantes?

    1. De modo algum, devemos passar à condição de amigos ou amantes de tipos como estes. A imagem que eu propus do amor como um preço é sinônima da lógica do amor como prisão. Eles se encurralaram nesta condição limitadora e nós não devemos ter qualquer responsabilidade sobre isto. Pelo contrário, devemos nos fortalecer e cuidar para que este “amor”, transformado em ódio pelo ressentimento e pela inveja, não nos venha a atingir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s