Nada está garantido

A imprensa brasileira dá o golpe como consumado.

O golpista da vice presidência apresenta-se como se tivesse em campanha eleitoral.

Como parte da construção da narrativa golpista, os tucanos e os demais políticos corruptos que se enfileiram em busca de impunidade e de ministérios já negociam cargos, especialmente com o PP, também entre os 5 partidos mais sujos e para quem o aceno de uma eventual interrupção das investigações em curso soa como a promessa do paraíso.

Todavia, o trabalho desesperado do vice presidente golpista e deste seu conjunto de asseclas para nos convencerem da viabilidade de um governo encabeçado por um investigado e um réu mostra-nos que nada está garantido aos golpistas, especialmente a tranquilidade no período pós-golpe.

Nada está garantido também a quem defende a manutenção das regras democráticas. A única saída para este conjunto de movimentos sociais e de cidadãos é aglutinar apoio popular e pressionar, a partir das ruas e das redes, deputados federais e líderes políticos para votarem contra o impeachment. Se eles não forem sensíveis ao apelo das massas, sabem que terão um pós golpe insustentável.

Somente a democracia salva a democracia.

Sem esta, o que nos reserva vem escrito num documento chamado “Ponte para o Futuro”, no qual o futuro prometido é nebuloso e assustador. Sem a democracia, estaremos de mãos dadas aos piores políticos, que se perpetuarão no poder. Sem a democracia, seremos por muito tempo, clientes dos carrascos de nossa liberdade.

Nada está garantido, apenas a nossa disposição à luta.
Nada está garantido, apesar do que nos diz a imprensa igualmente corrupta. Desmenti-la, negá-la e desobedecê-la são os desafios que a História nos coloca.

Estaremos prontos para sermos donos do nosso futuro e construirmos as nossas próprias pontes? Não sei. Nem a imprensa, nem os demais golpistas o sabem.

Resta-nos a confiança em nós mesmos e a vontade de que a História nos faça interromper ciclos que nos levam, feito aspirais, ao poço de pobreza e de alienação.

Nada está garantido, eu apenas intuo que alguma coisa enorme vem sendo gestada em nossos corações e mentes, porém nada está garantido.

Eu apenas intuo, apesar das certezas ignóbeis da imprensa e da fúria vaga e insidiosa de quem ainda sente os mesmos medos que sentiam os escravistas do século 19.

Anúncios

2 comentários sobre “Nada está garantido

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s