Futurologia

Toda futurologia apresenta enormes chances de estar errada. Porém, se eu estiver certo, quero os créditos daqui a dois anos, ok?! Vamos lá:

Lula e Ciro Gomes comporão, formal ou informalmente, o governo Dilma que, a partir de hoje, pode ser considerado governo de transição (aonde? À esquerda, espero.);

A direita rapidinho dará um jeito de encontrar uma denúncia contra o Ciro. Bobo nem nada, raposa velha e saudável (né, Aécio?!), Ciro, como Lula e Dilma, sairá fortalecido do denuncismo;

Em 2018, Lula lançará Ciro candidato a Presidente da República, com a reputação de, juntos, terem sido os capitães da recuperação econômica do Brasil;

Cacique como nunca, Ciro se elegerá presidente;

A oposição entrará em nova síncope, porém ninguém mais acreditará na Veja e na Globo (só os 3 milhões de tontos e tontas que saíram as ruas domingo passado). Os estoques de ansiolítico desaparecerão das farmácias;

Por outro lado, o congresso estará cheio de Felicianos e Bolsonaros (quero tanto estar errado neste ponto!!!). Ciro será chantageado dia e noite, mas serão poucos os jornalistas de esquerda e de direita que escreverão “Ciro erra”, “Ciro não sabe”, “Ciro não pode”;

O Brasil continuará machista. Tal como a polícia, continuará racista. Jesus não voltará para matar os gays e muito menos para resgatar os crentes histéricos. Teremos dado dois passos à frente, depois de termos, nestes últimos anos, dado ao menos 10 passos para trás.

E aí, acha que vou errar tudo, muito ou pouco?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s