que queres tu

Poema, Música, Declamação e Vídeo: Murilo Guimarães

Então, diz por que tu não sais um pouco,
por que não andas uns três quarteirões.
Leva a cachorra, ela gosta de andar.
Ainda não vês: vive-se na vasta solidão.

Saber-te só é mais do que te sentir só.
É perceber que tua vida e morte
existem pela tua própria decisão.
Resta-te ser curioso,
explorar teu dom sem perguntar por quê.

Cola uma coisa na mente:
matiza uma opinião, cria teu verbo,
alça voo pela escuridão, e só.

A tua luz nasce pelo teu olhar. Saibas:
todo teu querer é teu poder,
ao descobrires que queres tu.

Anúncios

Um comentário sobre “que queres tu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s