Atonia

No supermercado hoje à tarde, na sessão de azeites, mãe e filha estavam em dúvida sobre o que levar. Eu lhes disse, levarei pequena garrafa de um com 1% de acidez para cozinhar e grelhar e, para isto, bastarão dois filetes bem finos e quentes sobre o fundo da panela, nada mais. Elas sorriram e eu também.

Mas, veja que pena: para as saladas, disse-lhes muito rapidamente, o extra virgem, com 0,5% de acidez é perfeito. Contudo, sequer lhes aconselhei a jorrarem uma colher dele sobre as verduras e legumes secos, todos os dias! Poderia ter-lhes dito bem mais.

Deveria ter falado, o azeite extra virgem é imprescindível para as mulheres, elas devem utiliza-lo à vontade em suas refeições. E vocês duas, início e meio de uma linha infinda, celebrem a vida com saúde e prazer, brasileiras lindas.

Caso as re-encontrasse agora, enternecido lhes revelaria, então, faltou-me espírito, fui anencéfalo, não valeu, relevem: é que eu havia acabado de saber da graça de Deus, estava atônito.

Espero ainda poder fazê-lo.

Agradeço-lhe se lhes disser isso e se as abraçar por mim, quando as vir em algum lugar. 

Anúncios